11/05/2009

Montevidéu, Uruguai – a Suíça latina.

Posted in Sem categoria às 5:42 por viajeparaouruguai

Montevidéu

Para quem imagina que o Uruguai se resume a Punta del Este e seus cassinos, Montevidéu é uma agradável surpresa. A capital cativa com sua arquitetura antiga, com seu charme que mistura ar europeu com simpatia latina e com a calorosa recepção aos turistas. Tentando se tornar um destino tão popular quanto as praias de Punta ou cidades como Buenos Aires e Santiago, a capital uruguaia investe em divulgação turística.

Costeada pelo rio da Prata, Montevidéu é pequena em tamanho e população (tem pouco mais de 1 milhão de habitantes). As avenidas largas e os prédios baixos ajudam a manter um clima de anos 50, época dourada, na qual era uma das cidades mais prósperas da América Latina. Para voltar no tempo, basta passear pelos calçadões das Ramblas, avenidas que ficam à beira do rio, e admirar os apartamentos antigos e espaçosos. Ou, ainda melhor, dar uma volta pela Cidade Velha, que, como o nome já indica, é a parte mais antiga. Localizado perto do porto, o bairro mantém a arquitetura original, mesmo que muitos prédios não estejam devidamente conservados.

Uma das principais praças da cidade, a Plaza Constitucíon (rua Sarandi com Ituzaingó) fica na Cidade Velha e é parada obrigatória. Charmosa e arborizada, abriga aos sábados uma feira de antigüidades com direito a shows de música e dança. Logo em frente está a catedral metropolitana, construída em 1790. Os cafés nas redondezas oferecem um merecido e apetitoso descanso. Bem na esquina fica o La Passiva (rua Juan Carlos Gómez, 600), onde você pode tomar um café (R$ 1,80), comer um flan (R$ 2,30) e observar a movimentação nas ruas.

Logo ao lado da praça, os calçadões do bairro (o peatonal Sarandi e o Bacacay) convidam para uma caminhada sem pressa. No final da rua Sarandi está a Porta da Cidadela, que marca o limite da Cidade Velha e que vale a pena uma conferida.

Aproveite para caminhar, pois Montevidéu é uma cidade para ser curtida a pé, mesmo que os táxis sejam incrivelmente baratos. Ao contrário de São Paulo, as ruas são extremamente limpas, os motoristas respeitam as faixas de pedestres e o índice de roubo é baixíssimo. Mesmo à noite, não há problemas em andar pelo centro ou pelos bairros menos movimentados.

A capital uruguaia é uma cidade que também vale a pena monetariamente. O real vale cerca de 9,7 pesos. As casas de câmbios estão espalhadas pela cidade, facilitando a vida dos turistas. Além disso, a maior parte das lojas aceita dólares. Nos táxis, vale a dica: pergunte antes ao motorista se é possível pagar com a moeda americana, pois alguns só aceitam pesos.

O Mercado do Porto é o destino certo para quem quer conhecer a típica cozinha uruguaia. Localizado em frente ao porto da capital, o edifício era uma antiga estação de bonde, construída em 1868. Mas não imagine que o local é enorme, barulhento e não muito limpo. Ao contrário, o mercado impressiona pela conservação, organização e charme. Antes de escolher onde comer, dê uma volta para conhecer todas as opções. O clima informal atrai a população local, que vai ao mercado em busca de comida boa e barata, além da oportunidade de sentar e papear com os amigos. Para animar o ambiente, simpáticos cantores tocam músicas populares e tangos em troca de algum dinheiro.

A cozinha do país se baseia na carne, e o prato principal é a parrillada, o churrasco local, feito em brasa de madeira, o que dá um gosto diferente à carne. A parrillada, além de cortes como entrecote, um delicioso chorizo, frango e porco, contém partes, digamos, menos nobres do boi, como molleja (glândula salivar), choto (intestino) e o chinchulín (miolo). Mas, para os mais aventureiros, vale experimentar as novidades, pois se percebe que de estranho só mesmo o nome. Em todo caso, não há motivo para pânico, já que é possível escolher as carnes que serão servidas. Não deixe de provar o tradicional chimichurre, molho feito com ervas, pimenta e azeite.

Não deixe de provar as empanadas uruguaias. Um pouco mais rústicas do que as rivais argentinas e chilenas, elas podem ser encontradas no boxe Empanadas Carolina. Há sabores para todos os gostos, mas as mais pedidas são as de carne, queijo e presunto e lula. Experimente também as doces, como as de maçã com passas ou doce de leite. Para acompanhar essa comilança, a melhor pedida é o vinho nacional, que é gostoso e barato.

Conheça essa maravilhosa cidade!

Jorge Drexler – Al otro lado del río

 

 

Anúncios

Passeios & excursões em Montevidéu

Posted in Passeando em Montevidéu tagged às 4:07 por viajeparaouruguai

Jorge Drexler – Sea

Muitos turistas visitam a cidade por suas praias que vão acompanhando as diferentes paisagens da cidade, desde o “Cerro de Montevidéu”, até a zona residencial de Carrasco. A cidade conta com vários shoppings e amplo número de museus, teatros e centros culturais com variadas propostas.

A beira-mar e seus parques são ponto de referência na hora de passar alguns dias numa cidade na qual se respira uma atmosfera europeia, pela conformação de sua população bem como pelo seu planejamento urbanístico.

No fim de semana, os passeios preferidos são pela Ciudad Vieja, viajando no tempo na feira de antiguidades da Plaza Matriz, percorrendo a rua Sarandí para acabar no Mercado del Puerto, parada obrigatória de qualquer turista.

PRAIAS DE MONTEVIDÉU

A cidade conta com numerosas praias no seu litoral do Río de la Plata, todas elas aptas para banhistas. De areias finas e brancas, de águas calmas, as praias de Montevidéu são visitadas e nelas se deleitam os turistas desde início do mês de dezembro até finais de março.

A beira-mar de Montevidéu e suas praias são únicas em extensão, pois da praia Ramírez (em direção ao leste) até Carrasco, pode-se desfrutar de 30 quilômetros de beleza e serviços para turistas.

Praia Pocitos A praia Pocitos é a preferida pelos jovens e realizam-se nela campeonatos de futebol, vôlei e esportes náuticos. Suas águas são calmas, tem superfície plana e areias brancas, ideal para compartilhar em família. Localiza-se a apenas 10 minutos do Centro de Montevidéu. Há quiosques e restaurantes capazes de satisfazer os mais exigentes.

Praia Buceo A praia Buceo é de areias úmidas e águas tranquilas. Nela pratica-se futebol, frescobol e windsurfe. Conta com serviço de quiosques e salva-vidas. A pouco metros está o museu oceanográfico de Montevidéu.

Praia Malvin – À medida que avançamos em direção ao leste pela beira-mar, as praias são mais extensas e com mais areia. A praia Malvin é uma grande baia de águas calmas, de onde podemos desfrutar de uma vista panorâmica da costa montevideana. Conta também com serviço de quiosques e salva-vidas. 

 praia pocitospraia buceopraia malvin                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                    

 

 

 

 

 

 

PASSEIOS EM MONTEVIDÉU

Estádio Centenário: Declarado pela FIFA o maior monumento histórico ao futebol mundial. Em 18 de julho de l930, coincidindo com o centenário da Jura da Constituição, inaugurou-se no Uruguai o Estádio Centenário. Foi o primeiro estádio do mundo criado especialmente para o espetáculo de futebol, e cenário do Primeiro Campeonato Mundial de Futebol. Por isso, a cada quatro anos, com a nova disputa pelo título mundial, é evocado com nostalgia e respeito. Ter sido o primeiro, outorga-lhe esse privilégio. Nasceu como um sonho a princípio do século. Paralelamente, outro sonho ia se conformando, o de um campeonato mundial de futebol. Ambos, por diferentes causas, amadureceram lentamente, para coincidir mais tarde, num glorioso dia de julho de l930.

As feiras em Montevidéu: Um dos costumes centenários são as feiras que se realizam nos diversos bairros de Montevidéu. Lá, como nos verdadeiros mercados medievais, vende-se, compra-se e permuta todo tipo de objetos e serviços. Ao longo das ruas montevideanas formam-se labirintos de postos e concorrentes, também é possível ver artistas ambulantes com variado tipo de propostas. As feiras de maior destaque são: aos sábados, a de Villa Biarritz, localizada no bairro de Punta Carretas, e aos domingos, a de Tristán Narvaja, na rua do mesmo nome esquina com a avenida 18 de Julio, no bairro cêntrico Cordón.

Parque Rodó:  Um dos parques mais populares e visitados da cidade de Montevidéu é o Parque Rodó, privilegiado pela sua localizaço cêntrica, entre a Praia Ramírez e o Clube de Golfe. É o principal núcleo de jogos mecânicos, e além de integrar um teatro de verão e um auditório de música, conta com uma biblioteca infantil que funciona num castelo na beira de um lago artificial. Aqui, o visitante pode apreciar o monumento a José Enrique Rodó e a obra “Nuevos Rumbos”, que são grandes exemplos do trabalho do mais famoso escultor uruguaio, José Belloni.

Parque Zoológico: Este parque é um centro de conservação de animais e preservação de espécies autóctones de mais de 50 hectares. O entorno arborizado, junto com uma estrutura edilícia adequada, possibilita um excelente âmbito de lazer ao ar livre.Está situado a vinte minutos do centro de Montevidéu, e é um dos centros de maior atração turística da cidade. Atualmente o parque conta com um serviço para todos os visitantes, uma equipe de profissionais organizam passeios guiados, a pé ou a cavalo, para reconhecimento da flora e fauna do Parque. Também há passeios de trenzinho para crianças, com visita ao zoológico e atividades de lazer e de sensibilização à natureza. Nestes passeios podem-se observar os animais da fauna uruguaia, desfrutando num espaço único em Montevidéu onde são preservados e no qual se reproduzem praticamente em liberdade.

Gastronomia

Posted in circuito gastronômico tagged às 3:34 por viajeparaouruguai

 

Do cardápio montevideano consta uma extensa lista de bares e restaurantes que têm por especialidade principalmente a típica “parrilla” do Rio da Prata -churrasco feito sobre lenha, e não carvão, no qual se aproveitam todas as partes do gado e que se compõe ainda de embutidos doces ou salgados -as “morcillas”-, das “pamplonas” (rolos de frango ou de carne de porco, recheados) e de batatas e batatas-doces “al plomo” (assadas envoltas em papel alumínio). Entre as sobremesas, o doce de leite é o ingrediente central por excelência e, para combinar com tudo isso, a pedida local são bebidas marcantes como os vinhos derivados da uva tannat, característica do país, e as cervejas uruguaias Pilsen, Patricia e Norteña, mais encorpadas que as brasileiras. Como em qualquer capital do mundo, o circuito gastronômico e noturno de Montevidéu varia bastante de acordo com a temporada.

*Dica importante: O refrigerante no Uruguai é muito caro, por isso se você quiser economizar, compre seu refrigerante ou suco em Montevidéu na rede de Supermercados TATA, onde os preços são bem mais acessíveis, local onde você também pode encontrar o Alfajor de Neve que é uma delícia e não se pode deixar de experimentar!

 

  

 

 

Vale destacar os lugares emblemáticos da comida de Montevidéu:

Mercado del Puerto
O nome engana: de mercado, hoje, esse cartão-postal de Montevidéu só conserva a origem. Erguida há 139 anos sob inspiração de engenheiros ingleses, a construção com jeito de estação ferroviária abriga um vai-e-vem de turistas, músicos, dançarinos, vendedores de souvenirs, garçons e a estrela principal: a carne, sob todas as suas formas. Feito para quem gosta do churrasco à la uruguaia, o mercado não fascina somente pela proposta gastronômica. Para os pouco ou nada carnívoros, a visita continua a ser obrigatória: por aqui passa um resumo da sociedade da cidade e, aos fins de semana, o mercado é ponto de encontro de famílias e turistas que, ruidosos, celebram ao lado das onipresentes “parrillas”. Em tempo: quem não suporta carne pode ir comer tranqüilo, já que os restaurantes reservam opções com vegetais e alternativas em cozinha internacional. R. Pérez Castellanos, 1.550, esquina com r. Piedras. www.mercadodelpuerto.com.uyNo Mercado del Puerto, não deixe de dar uma passada na Casa Roldós, estabelecimento aberto em 1886 e que deu ao país outro de seu patrimônio, o “medio y médio”. A clássica bebida, uma aparentemente inocente mistura de vinho branco e champanhe, pode ser encontrada hoje em dia engarrafada em qualquer supermercado, mas, uma vez no Mercado del Puerto, vá direto à fonte. Mercado del Puerto, loja 09.

Outro símbolo da cidade e do país aninhado nesse mercado é o El Palenque, especializado sobretudo em peixes e frutos do mar, mas ótima opção também para os que não dispensam a carne vermelha. Sua bodega com 600 marcas de vinho de várias partes do mundo vem sendo visitada, ao longo dos 50 anos de vida desse premiado restaurante, por celebridades e autoridades internacionais, que religiosamente almoçam ou jantam aí quando passam por Montevidéu. Mercado del Puerto – r. Pérez Castellano 1.579; de ter. a sáb., das 12h às 24h, dom., das 12h às 17h, tels. (00 XX 5982) 917-0190 e 915-4704. www.elpalenque.com.uy

Café Brasilero
“Segunda casa” do escritor Eduardo Galeano, como ele costuma se referir a esse lugar há décadas, o café é o mais antigo de Montevidéu. Há 130 anos, vem servindo com simpatia e a preços honestos guloseimas típicas do Uruguai, como a pasta frola (torta doce à base de manteiga e recoberta de doce de leite ou goiabada), o sanduíche olímpico (pão de miga, presunto, queijo, ovo cozido, alface e tomate) ou a pasqualina (torta salgada recheada de verduras e ovo cozido). O “brasilero” do nome remete à procedência dos primeiros donos, dois sócios que teriam nacionalidade tupiniquim. Recomendado para uma pausa de fim de tarde, seja para descansar dos passeios pela Ciudad Vieja ou para um tranqüilo momento de leitura em meio aos móveis escuros do café. R. Ituzaingó, 1.447, esquina com r. 25 de Mayo; de seg. a sex., das 8h30 às 20h, tel. (00 XX 5982) 915-8120.

Bar Tabaré
Parece um armazém, mas não é. Está escondidinho em uma região residencial, mas todo mundo sabe como encontrá-lo. Meca dos bons bebedores da cidade, o octogenário Tabaré conta com a mística de sua história –testemunhada por antigas garrafas de grapa e objetos do balcão de inícios do século passado–, com a generosa oferta de bebidas e com um caprichado cardápio para transformar clientes ocasionais em habitués. Refúgio ideal para longos bate-papos e para terminar ou começar a noite. R. Joaquín Zorrilla de San Martín, 152 (esquina com r. Tabaré); de seg. a sáb., das 20h à 1h, tel. (00 XX 5982) 712-3242. www.bartabare.com

Onde comer

Posted in restaurantes e lanchonetes de Montevidéu tagged às 3:27 por viajeparaouruguai

 

CAKE’S – Tradicional casa de chá, que serve a famosa Torta Ramón Navarro, de chocolate, creme de leite e doce de leite. – José Ellauri, 1 067, 707-5477. 10h30/0h. Cc: D, Mc, V.
EL SOLLADO – Pequeno achado, dentro do Clube de Pesca de Montevidéu. Sobre a rambla, tem linda vista do rio, comida do mar simples e de muito bom gosto. Salada, filé de brótola (peixe do Rio da Prata) com salsa de roquefort, vinho da casa e sobremesa são uma boa pedida –Rambla Wilson, 650, 711-6062. 12h/13h30 (o ano todo), 19h/22h (de abr. a dez.).
LA CREPERIE – Um charme de lugar, com poucas mesas e muita gente. Fica em plena Cidade Velha, o centro antigo, que nos últimos anos está se restaurando e atraindo cada vez mais gente, durante o dia e a noite. Crepe de champignon e gruyère é uma das especialidades. – Bartolomé Mitre, 1 332, 915-9858. 10h30/3h30.
LA VACA PARRILLA – Para não dizer que uruguaio come apenas carne, este restaurante investe forte nas saladas. Uma refeição de costela com batatas, acompanhada de saladas, cerveja e água. – 26 de Marzo, 3 572, 622-5077. 12h/15h (todos os dias), 20h/0h (seg. a sáb.). Cc: Mc, V.
MERCADO DEL PUERTO – Antiga estação ferroviária, de 1868, é hoje um dos principais centros gastronômicos da cidade – e o melhor lugar para experimentar a especialidade local, a parrillada. É uma boa comer direto no balcão dos restaurantes, são mais de 20. Se preferir se sentar, vá ao El Palenque– 917-0190. 12h/0h. Cc: todos. Na saída, aproxime-se do Roldo’s e peça o medio y medio, um drinque feito à base de vinho branco seco e espumante. – Piedras, 237. 12h/0h (alguns restaurantes podem ter diferentes horários de fechamento).
PANINI’S – Tradicional restaurante italiano. Menu com direito a prato principal, como o ravioli à putanesca, e sobremesa, como o tiramissú. – Bacacay, 1339, 916-8670 12h/15h (seg. a sáb.), 20h30/0h (seg. a dom.). Cc: todos.
TABARÉ – Tradicional boliche (barzinho) localizado em Punta Carretas. Para se sentar ao balcão ou às mesas e pedir uma picada (presunto cru, queijos e azeitonas), frango com molho de damascos e sobremesa, com vinho. – José Luis Zorrilla de San Martín, 154, 712-3242. 20h30/1h30 (seg. a sáb.) Cc: Mc, V. 

LA PASIVA – Rede de lanchonetes da cidade que serve os tradicionais lanches Chivito, Pancho, Pizza, etc.

chivito canadense

 O mais famoso é o Chivito Canadense. A vantagem é que é uma rede encontrada em qualquer canto da cidade, inclusive no terminal Tres Cruces (rodoviária). Em Pocitos: Calle Benito Blanco esq. Rambla Brasil.

 

 

 

 

 

 
EXPRESSO POCITOS – Típico restaurante com ar de “à moda antiga”. Em Montevidéu se vê muito as pessoas da terceira idade reunidas nos restaurantes das praias e dos shoppings, principalmente as senhoras nas famosas confeitarias, com amigas ou lendo seu livro. Vai a dica: Confeitaria Carretas (Shopping Punta Carretas), almoço UR$ 70,00 (R$ 6,30), num estilo “me dá-service” (você passa pelo balcão e a garçonete serve o que você escolhe no vidro).
Pocitos fica próximo aos dois principais shoppings, o que torna prazerosa aquela caminhada no final da tarde.
pocitos

Onde se hospedar

Posted in Onde ficar em Montevidéu tagged às 1:14 por viajeparaouruguai

 

HOSTEIS

Econômico

Prefira os Hosteis, que são mais simples, porém mais baratos e às vezes melhor localizados. Hostel é um meio de hospedagem (como hotel e pousada) com quartos coletivos, dotados de camas ou beliches em um local onde muitas vezes há uma cozinha equipada, também coletiva e banheiros coletivos. Você pagará uma diária menor que em outros tipos de hospedagem e vai estar com um pessoal que “fala sua língua” Os quartos de albergues/Hostel têm geralmente beliches e armários com cadeados para cada leito. Têm cozinha equipada com no mínimo fogão, pia e geladeira e alguns tem máquina de lavar roupas (que geralmente é alugada para o hóspede, assim como roupas de cama), alguns têm computadores com acesso à Internet (funcionando como um cyber-café), sala de TV etc.

  • Red Hostel, San José 1406, tel. 598-2 908-8514. Completamente reformado.

Instalações da propriedade: acesso à Internet, cozinha para hóspedes, card phones, aluguel de bicicletas, sala comum, lençóis inc., cacifos de segurança, àrea de churrasco, café da manhã incluído, estacionamento, estacionamento para bicicletas, bar, balcão de visitas, espaço para bagagem, recepção aberta 24 horas, câmbio de moeda.

quartos

   

festas inesquecíveis

 

 

 

 

 

  

Localização e transporte:  Pode chegar ao Red Hostel de “Tres Cruces”  Terminal Rodoviário tomando um táxi, o preço da viagem é de cerca U$2,0. Do aeroporto, pode apanhar o Aerobus que irá deixá-los no centro da cidade. A tarifa da viagem é de aproximadamente U$3,5. Se chegar ao Porto a melhor opção é apanhar um táxi, o preço aproximado para esta viagem é de U$2,5. Diárias de $14-15.

 

  • Palermo ArtHostel. É um Hostel “temático” com todo um movimento artístico muito forte, bem bacana e descolado! Tem quartos Privativos e coletivos. Uma opção bem barata, cool e com ótima localização dentro da Cidade Velha no bairro Palermo. O café da manha é uma delíícia, tem cozinha equipada, livraria com diversos livros em muitos idiomas, Internet Wi-Fi e aluguel de bicicleta. Tem também um bar-boite super legal onde acontecem umas festas bem bacanas tbm. Calle Gaboto 1010, tel 598-2 4106519. Mov. 598-99 171272

O albergue tem capacidade para até 70 pessoas, as camas estão distribuídas em quartos que podem ser solteiros ou compartilhados. Também dispõe de 4 casas de banho e uma sala de estar, além de você ter serviço recepção, Wi-Fi 24 horas., informações turísticas, entre outros serviços.

Existem mais de 250 m2 que estão reservados para a arte, onde você pode encontrar exposições artísticas não só de artistas locais, mas também daqueles clientes que desejam expor as suas próprias obras.

Localização e transporte: 1 bloco da “rambla” (litoral); 4 blocos de “18 de Julio” rua. Transporte: ônibus, táxi ou a pé da estação rodoviária “3 Cruces” ou “Buquebus Terminal”; 30 minutos do Aeroporto Internacional de Carrasco.

Serviços: Recepção 24hs, Wi-Fi à Internet gratuito, café da manhã incluído das 8h30 às 10h30, armários, serviços de limpeza, cozinha totalmente equipada, exposições de arte bar, TV, DVD, varanda, praia, crianças permitidas, sala de reuniões, serviços de táxi, área de churrasco, aluguel de bicicletas, portaria, lavanderia, locadora, aberto 24 horas, passeio turístico, bar/lounge, estacionamento gratuito. $11,00 a diária.

 palermo arthostel

 

HOTÉIS

Hotel Radisson, Montevidéu – Uruguai.

Radisson Victoria Plaza encontra-se localizado no coração do centro comercial e financeiro de Montevidéu, de frente para a Plaza Independencia.          Radisson SPA: Piscina semi-olímpica climatizada, aulas de aeróbicas, sauna, hidromassagem, solarium, tratamentos estéticos.                                                 Cassino: O mais requintado da cidade. Roleta francesa, Black-Jack, Ponto e Banca, Slots, Corrida de cavalos e bingo.

* Diferentes bares, conexão a Internet 24h. no Businnes Center, salão de beleza unissex, centro de negócios com secretária bilíngue, centro de convenções, serviço de manobrista sem custo adicional (24hs), quartos para não fumantes e deficientes, express check-in e check-out.

 Todos os quartos do Radisson dispõe de: ar-condicionado regulável, frigobar, secador de cabelo, serviço para passar calças, TV a cabo, ambiente aquecido, telefone DDI e DDN, cofre de segurança, serviço noturno de faxineira, conexões para computador e fax, correio de voz, cofres-fortes digitais.

 suíteRadissonlobby

 

 

 

 

 

 

• Hotel Sheraton, Montevidéu, Uruguai.

Sheraton Montevidéu Hotel encontra-se localizado no bairro de Punta Carretas (área nobre da cidade) o qual tem tido um importante crescimento comercial nos últimos anos, o que dá um equilíbrio que se complementa com a pouca distância que há com o centro da cidade, o aeroporto internacional de Carrasco, a Orla de Montevidéu e o Clube de Golfe do Uruguai.

Interligado ao Punta Carretas Shopping Center, os hóspedes poderão se transladar diretamente ao terceiro andar (nível) onde se encontram os cinemas e a praça de alimentação.

No 26° andar, o Sheraton conta com uma bela vista da cidade onde também está o spa, no qual todos os hóspedes têm livre acesso, podendo usufruir da piscina climatizada, sauna, hidromassagem e uma completíssima sala de ginástica com aparelhagens aeróbicas e anaeróbicas.

As atividades ginásticas se realizarão sob constante orientação de personal trainers.

Além de todos os serviços que o SPA do hotel oferece, o hotel conta com um exclusivo convênio com o Clube de Golfe do Uruguai, à apenas três quarteirões do hotel.

Os quartos:  Os diferentes tipos de quartos satisfazem as diversas necessidades dos hóspedes. O hotel consta de: 10 Suítes, 197 quartos de solteiros e Casal todos equipados com: ar condicionado individual, cofre-forte eletrônico, frigobar, TV a cores de 25 polegadas a Cabo, duas linhas telefônicas que possibilita aos hóspedes estarem conectados a Internet e ao mesmo tempo receber ligações. Os telefones do quarto dispõem de porto para conexão de computador.

 

sheratonsheratonlobbysheratonpoolsheratonsuperior                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           

 POUSADAS

Posada Casa los Pinos.

Quartos com: Ar-condicionado (frio/calor), banheiro privativo, TV a cabo, pequeno almoço continental, café estrela.Tarifas com café da manhã e taxas incluídas, acesso gratuito à Internet, café com Wi-Fi Zone. Proibido animais.

• Deixando o quarto antes das 18h ganha 50% de desconto no valor de uma noite.

Os quartos podem ser vendidos em horas.

Valor das diárias: Quarto de Solteiro – U$$40,00; Quarto duplo – U$$52,00 ; Duplo Twin (de duas camas individuais) – U$$52,00; Triplo (cama matrimonial + 1 colchão) – U$$64,00.

 

Pousada Manuel de Lobo.

Serviços: pequeno almoço continental, TV no Hall Central, Internet banda larga sem fios, cobertura de emergência médica, babá.                                  Quartos com: Telefone, ar-condicionado/aquecimento, TV a cabo, 45 canais, colchão, banheiro privado, duas hidromassagens.

posadaposadaposada                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     Tarifas: Doble Twin -U$$80,00 ; Matrimonial Superior (c0m hidromassagem) – U$$100,00; Triplo – U$$90,00; Especial Twin Triplo (com três camas individuais) – U$$100,00. Aceitam-se cartões de crédito.

Como chegar em Montevidéu

Posted in Como chegar a Montevidéu + circular pela capital tagged às 0:13 por viajeparaouruguai

Montevidéu está a 2.000 km de São Paulo. De Porto Alegre, capital brasileira mais próxima ao destino uruguaio, dista 890 km

De avião

De São Paulo, há vôos regulares da Gol (com escala em Porto Alegre), Pluna (com vôos diretos), Tam Mercosul (com conexões demoradíssimas em Assunção) e voos diretos da Tam. Do Rio de Janeiro, só pela Pluna. O Aeroporto Internacional de Carrasco (MVD) fica a 18 km da cidade.

Há ônibus a cada 15 minutos para o Terminal Tres Cruces, no centro, num trajeto que pode durar até uma hora; tarifa: U$25 (U$ são pesos uruguaios, portanto não confunda com US$, dólares!), o que equivale a cerca de R$2,25, pagos no próprio ônibus, que só aceita dinheiro local.

Táxis comuns custam em torno de dez vezes a tarifa do ônibus, mas podem ser compensadores, já que aqueles têm muitas paradas. Os táxis comuns têm cor preta com capota amarela, e não fazem ponto no aeroporto; é necessário pegar um de alguém que foi até lá.

Os táxis especiais (de cor de caramelo e que são os táxis oficiais do aeroporto e ficam bem na porta de desembarque) e os remises custam o dobro do táxi comum ou mais.

Troque dinheiro no aeroporto apenas o suficiente para chegar na cidade, já que ali o câmbio é de 10 a 15% menor que o normal. O táxi mais caro (especial) custa U$500 até Pocitos (uns US$25 pelo câmbio do aeroporto). Deixe para trocar o resto na cidade; na avenida 18 de Julio há inúmeras casas, algumas funcionando até as 20h.

 

De barco

De Buenos Aires, pela empresa Buquebus. Preço médio de $346,00 (sem contar o peso das bagagens). De Colonia (no Uruguai) e Buenos Aires, pode-se chegar de barco a Montevidéu. A viagem dura, em média, três horas e meia, e a companhia possui quatro linhas diárias entre a metrópole argentina e a capital uruguaia.

Ônibus

Do Brasil, linhas regulares a partir de Panambi e Santa Maria (Planalto, tel. 55 3220-7470 e Revelación/Gral. Artigas, tel 51 3346-1468), Porto Alegre e São Paulo (TTL, tel. 11 6221-3811 e General Artigas, tel 11 6221-1100)

Se você for de ônibus e quiser economizar uma boa grana não vá direto para Montevideo do Brasil. As linhas que fazem Brasil/Montevideo como a TTL e a EGA são muito caras, e dentro do Uruguai o transporte é muito mais barato! Se você for até Chuí (do lado uruguaio) ou Rio Branco (fronteira com Jaguarão) e de lá pegar um ônibus para Montevidéu sai muito mais em conta. Por exemplo, um ônibus de Pelotas/RS para Montevidéu direto pela TTL ou EGA sai por volta de 96 reais. Mas tem a opção de ir até Rio Branco por 17 reais e de lá pegar o ônibus para Monte por menos de 40 reais. É uma grande economia! 

De carro

Quem parte do Brasil, uma opção é viajar pela BR-116 com destino ao sul; chegando ao Chuí, basta pegar a rodovia que é chamada de Ruta 9, que corta o litoral do Uruguai em direção a cidade de Rocha, San Carlos e que, finalmente, chega a Montevidéu.Como chegar em Montevidéu

*O preço médio da gasolina no Uruguai é de R$2,70 

 

Circular em Montevidéu 

De comboio/trem

Só para alguns subúrbios.

De bicicleta

Andar de bicicleta em Montevideo é uma delícia. Não tem ciclovia e nem rampas para subir as calçadas, mas é o melhor jeito de conhecer a cidade de modo prazeroso e gostoso para quem curte esse tipo de passeio e sente esse tipo de prazer. Você aluga uma bicicleta em alguns Hoteis ou Hostel não são muito caras e vale a pena. 

Aluguel de bicicletas

Ciudad Vieja (baratas e despencadas) = no meio da quadra depois da Plaza Matriz pela Ituzaingó 1436

Montevidéo hostel (caras, mas melhores) = Canelones 935 entre PLaza da independencia e Plaza cagancha

La Puerta Negra Gay Hotel = Durazno 1525 entre Palermo art Hotel e Palacio Municipal

Red Hostel Montevideo, pertinho da Plaza Cagancha, na San Jose 1406, esq. Sgo de Chile  

De táxi

Os táxis em Montevidéu são baratos para os padrões da maioria das capitais brasileiras. Pegue sempre os pretos com capota amarela, que são os mais baratos. O taxímetro mede a corrida em fichas, para as quais existem tabelas de conversão em pesos. Há uma tabela diurna e outra noturna/domingos e feriados. Eles são meio desconfortáveis, já que existe uma barreira física de madeira, carpete e vidro entre o banco de trás e o da frente, sem muito espaço para as pernas dos passageiros.

Os táxis cor de creme/caramelo que saem da porta do aeroporto são muito mais caros, já que a tabela empregada é de um tipo “especial”.

De carro

Alugar um carro pode ser uma boa opção, pois a cidade é bem sinalizada, fácil de andar e os motoristas respeitam os sinais e as faixas. As maiores companhias atendem no aeroporto e nos principais hotéis.

Aeroporto

Aeroporto Internacional de Carrasco
www.aic.com.uy
Tels: (0 XX 5982) 604-0272 e 604-0329, ramais 1633 e 1636

Companhias aéreas

Gol
www.voegol.com.br
Tels: 0300-115-2121 e 0800-280-0465Pluna
www.pluna.com.uy
Tels: (0 XX 11) 3231-2822 e (0 XX 11) 5091-7000
TTL
Os ônibus da companhia saem de São Paulo, Curitiba, Joinville, Camboriú, Florianópolis, Porto Alegre e Pelotas
www.ttl.com.br

Tel. (0 XX 11) 6221-3811 (Terminal Tietê) e (0 XX 51) 3342-6477

Rodoviária 

Terminal Tres Cruces
www.trescruces.com.uy
Tel. (0 XX 5982) 408-8710

Rodovias
BR 116 e BR 101

Barco

Buquebus
www.buquebus.com
Tel. (0 XX 5982) 130

 

08/05/2009

Onde comprar

Posted in Compras tagged às 23:22 por viajeparaouruguai

El Mercado del Puerto
Localização: Área do Puerto
Inaugurado em 1868, reúne uma série de restaurantes, artesanatos, músicos ambulantes e pintores, tornado-o um lugar típico, acolhedor e boêmio de Montevideo.
Montevideo Shopping
Localização: Av. Luis A. de Herrera 1290
Aberto em Horário Comercial
Portones Shopping
Localização: Av. Italia 5775 esq. Av. Bolivia
Aberto em Horário Comercial

O shopping mais visitado da cidade

O shopping mais visitado da cidade